Escola Secundária de Pinhal do Rei

Curso de Operador de Sistemas Informáticos

Português

NÍVEIS DE LÍNGUA

Não usamos uniformemente a língua, antes a adaptamos às circunstâncias e às pessoas com quem queremos comunicar.

A utilização da língua pelos diferentes falantes depende de vários factores: geográficos, etários, culturais, sócio-económicos, profissionais, situacionais.

 

-LÍNGUA CUIDADA (CULTA)

-Língua Literária e Poética

-Linguagem Técnica e Científica

 

LÍNGUA COMUM

NORMA ou PADRÃO

 

-LÍNGUA FAMILIAR

-LÍNGUA POPULAR

Gíria, Calão, Regionalismo

 

LÍNGUA PADRÃO

A língua padrão é constituída por um sistema de signos e regras próprias de uma comunidade linguística, que permitem a todos os sujeitos falantes comunicarem entre si e compreenderem-se mutuamente, sejam eles de cultura rudimentar ou de elevada cultura.

Aproximam-se da língua padrão os textos dos manuais escolares, a linguagem do professor e dos alunos nas aulas e todos os textos expositivos em que se vise a clareza e a compreensão fácil.

 

LÍNGUA CUIDADA

A língua que encontramos nos discursos parlamentares, nas conferências. Usa um vocabulário mais seleccionado e menos usual.

Língua Literária e Poética

Apresenta as características da língua cuidada, mas assume desvios da norma mais arrojados: figuras de estilo e palavras estudadas para criar ambientes emotivos e poéticos.

Linguagem Técnica

É constituída por palavras relativas a determinada profissão e se usam nesse contexto: um mecânico de automóveis conhece o nome de todas as peças de um motor, o que não sucede a qualquer falante.

Linguagem Científica

Afasta-se da língua comum porque se refere a questões da Medicina, da Físico-Química, da Biologia, etc..

 

LÍNGUA FAMILIAR

A língua familiar é simples, não se afastando muito da língua padrão. Os falantes dão a impressão de se conhecerem bem.

LÍNGUA POPULAR

A língua popular é muito simples, sem palavras eruditas e desvia-se da norma, quer na fala, quer na escrita. As características da língua popular variam com as regiões do país ( Regionalismos) e com os diferentes tipos sociais ( Gírias e Calão)

Regionalismos

São registos de língua próprios da população de diferentes povoações ou regiões. Distinguem-se pela pronúncia, pelos diferentes significados e diferente construção de palavras e frases.

Gírias

São linguagem própria de certos grupos sociais, de certas profissões que usam um vocabulário próprio, geralmente com a finalidade de não serem compreendidos por indivíduos estranhos ao seu grupo.

Calão

O calão é um tipo de gíria própria de grupos sociais mais marginais, onde a acção educativa dificilmente penetra: trata-se de uma linguagem grosseira e muitas vezes obscena. No entanto, certas palavras entram a pouco e pouco na linguagem familiar, sobretudo entre os jovens. São frequentes palavras ou expressões como gajo, chatear, pifo, teso, etc..

 

 

Escola Secundária de Pinhal do Rei

Curso de Operador de Sistemas Informáticos

Português Nome:____________________________________________ Nº____

NÍVEIS DE LÍNGUA

1. Faz o estudo dos níveis de língua utilizados nos textos seguintes, justificando as tuas afirmações:

  1. Língua____________________________________________________________________
  2. "- Chigámos, patrão - diz acidamente o cobrador ao passageiro da camioneta parada ante uma taberna, único prédio existente na solidão da montanha. - Qu 'ria andar mais, qu 'ria? Não lhe bastaram xinco horas de viaige, não?"

  3. Língua____________________________________________________________________
  4. "Percorríamos o labirinto de ruas em todos os sentidos. Mercearias escuras como grutas com uma luzinha ao fundo, antros de carvoeiros, namoros oblíquos de esquina - toda aquela zona da cidade se cruzava de segredo e de suspeita."

  5. Língua____________________________________________________________________
  6. "- Folga a espia da ré. Folga a espia da proa.

    - Comandante, estão dentro as espias.

    - Leme a meio. Bombordo pouco leme.2

  7. Língua____________________________________________________________________
  8. "Querida Rita:

    Desculpa não te Ter escrito ainda, mas a barafunda tem sido grande. Fazes-me muita falta para a gente poder conversar. Escrevo-te estas letritas para... "

  9. Língua____________________________________________________________________
  10. "As crianças europeias passam 900 horas por ano na Escola e 1200 em frente ao televisor. A televisão tornou-se a Escola Primária de muita gente."

  11. Língua____________________________________________________________________
  12. " O meu cota meteu uma cunha ao mandão lá da fábrica. Como eu chumbei, não quis que eu andasse pr 'aí a mandriar."

  13. Língua____________________________________________________________________

 

2. Transforma as frases seguintes de acordo com o nível indicado:

a) _________: " tá porreiro isto!" (uma festa)

Corrente: ____________________________________________________________

Cuidado: ____________________________________________________________

 

b) _________: " O gajo deu à sola."

Corrente: _____________________________________________________________

Cuidado: _____________________________________________________________

 

c) _________: "As sensacionais viaturas automóveis atingem velocidades inauditas."

Corrente:_____________________________________________________________

Popular:______________________________________________________________